Examinar o seu sono é preciso para emagrecer

Mesmo com todas as dietas e prática de exercícios físicos de maneira regular você ainda nota que possui dificuldade para emagrecer? Talvez esteja esquecendo um fator importante: o sono. O Dr. Álvaro Afonso explica neste artigo qual a relação entre uma boa noite de sono e o emagrecimento. Saiba mais.
08 / 07 / 2019 | Por: Dr Álvaro Afonso

Como é possível que uma boa noite de sono influencie tanto na perda de gordura corporal? O Dr. Álvaro Afonso elucida que esses dois elementos têm tudo a ver um com o outro, a dificuldade de emagrecer está completamente ligada ao mau sono. Vejamos de que maneira isso ocorre desde o princípio.
Uma das principais causas da dificuldade de emagrecer é o que chamamos de resistência à insulina. Mas o que é essa resistência à insulina? É justamente a dificuldade de o organismo transformar o açúcar em energia, e, ao invés disso acontecer, esse açúcar começa a ser transformado em gordura, pois, quando o organismo percebe que a insulina não está agindo de forma correta, aumenta a quantidade desse hormônio (a insulina). A partir disso, o indivíduo passa a ter dificuldade de queimar a gordura produzida e facilidade de transformar o açúcar em mais gordura.
E o que o sono tem a ver com isso?
Tudo! É durante o sono que o organismo contabiliza tudo o que ele gastou e consumiu durante o dia, que ele recupera toda a matéria prima da vida, das células, e as reconstrói. É, também, nas fases do sono, que o corpo equilibra os hormônios que produzem a matéria viva e a consome.
Um desses hormônios importantes é o GH, responsável por aumentar a massa óssea, massa muscular, rejuvenescer os tecidos, chamado também de hormônio do crescimento. Para que esse hormônio seja liberado de forma correta, é necessário que o indivíduo tenha um sono de qualidade.
O que significa ter um sono de qualidade?
Isso depende das ondas que acontecem no nosso cérebro em cada fase do sono. Vejamos quais são essas fases:
Fase 1: essa fase ocorre logo no início, quando vamos começar a dormir. Nela, o cérebro fica relaxado, numa onda chamada Alpha.
Fase 2: essa é chamada de fase Theta, é a fase preparatória para começarmos a organizar aquilo que precisa ser armazenado, como as memórias, as experiências, os aprendizados. É nela que também ocorre a destruição de células cancerígenas, que sempre estão presentes no corpo humano, e o balanceamento das calorias ingeridas.
Fase 3: é nela que ocorre toda a mágica! Essa fase é predominante no início da noite, é chamada de fase Delta. Nela o sono é profundo, e é por isso que, quando acordamos desse sono profundo, o organismo fica lento, demora a voltar ao ritmo de quando estamos acordados, chamado Beta.
Fase 4 (R.E.M.): nela acontecem os sonhos e ocorre a movimentação dos olhos. Existe uma grande atividade cerebral nessa fase, todas as emoções desagradáveis e o excesso de sentimentos pesados são eliminados.
Quando ocorre o ciclo perfeito, ou seja, com todas as fases, sem ser interrompido, o sono é considerado de qualidade. Porém, hoje em dia, as pessoas vivem com o que chamamos de “amígdalas do cérebro” (que são sensores de antecipação) ativadas, e isso compromete a qualidade do sono. Como resultados, os hormônios responsáveis por queimar a gordura e formar os músculos não terão o efeito desejado, e predominarão aqueles que aumentam a gordura e diminuem a proteína, como, por exemplo, o cortisol. Esses hormônios que são produzidos de forma inadequada fazem com que o indivíduo sinta mais fome, aumentando a quantidade de comida (e, consequentemente, açúcares e carboidratos) ingerida.
É por esse motivo que o Dr. Álvaro Afonso afirma que o segredo para emagrecer é ter um sono de qualidade.
Além do que já vimos, ainda há mais um fator que ocorre durante o sono que influencia na dificuldade de emagrecer: a apneia do sono. Esse fenômeno ocorre quando as pessoas apresentam um sono muito movimentado, fazendo com que engasguem com a própria língua, resultando em momentos sem respiração, sem oxigênio no organismo. Isso produz um estresse muito grande ao corpo, e tal estresse é uma das principais causas da obesidade e da dificuldade de emagrecimento. Você sabia disso?
Portanto, um sono de qualidade é indispensável para o tratamento da obesidade e para facilitar o processo de emagrecimento; assim como é fundamental para outros pontos, como a memória, a motivação, a atenção, a concentração, a disposição, bons níveis de energia, e, principalmente, para a sexualidade.
Depois de ler esse artigo e ter conhecimento de tudo que uma boa noite de sono pode nos proporcionar, é importante que comecemos a mudar os hábitos desde agora, para que, assim, possamos ter uma melhora significativa na nossa qualidade de vida.